Fernanda Peruzzo

Vida nova ao velho casaco

por Fernanda Peruzzo
Vasculhando seu guarda-roupa, nossa editora Bianca Krebs encontrou um velho casaco preto de lã, daqueles bem queridos, amados e detonados pelo uso.

“Comprei esse casaco num inverno super frio, há uns cinco anos. Não tirava ele do corpo. Usava com tudo”, relembra nossa colega. “Até o dia em que o forro rasgou”.

Foram anos de separação e esquecimento até que uma idéia de reforma bem simples e barata tirou o companheiro do ostracismo. “Resolvi trocar o forro. Mas não por um preto normal e sem graça. Decidi que o meu casaco merecia uma pitada de ousadia”, confessa.

Poucos mais de um metro de cetim rosa shock e uma semana de ‘internação’ no ateliê de uma costureira habilidosa e o casaco ficou como novo! O investimento foi de aproximadamente 50 reais, entre mão de obra e tecido.

Em todo o país, ateliês de costura e reforma de roupas oferecem esse serviço de troca de forro. O preço varia entre 20 reais e 100 reais. Fatores como a qualidade da mão de obra e até mesmo a localização da loja podem influir na cotação do serviço. As lojas de shopping, por exemplo, costumam ser mais caras, mas em compensação, executam as reformas com maior rapidez.
 
Nossa dica é não fazer a escolha em função do preço e confiar o futuro da sua roupa querida a uma pessoa habilidosa e honesta.
 
Importante
 
O raion, ou rayon, é uma fibra sintética que imita a seda. É o tecido mais utilizado pela indústria têxtil na hora de forrar casacos, saias e vestidos. O problema é que ele não é um tecido muito resistente e nem agradável ao toque.
 
Quando for comprar o tecido para o seu novo forro, prefira o cetim, o algodão e até mesmo as variações mais nobres do raion, como o cetim raion, a sarja raion ou o canelado. Eles são mais duráveis, encolhem menos e não ficarão pinicando a sua pele.
 

Envie por email

Cadastre-se ou faça login para comentar.